O que é e como analisar o relatório de apontamentos por usuário no Operand

O objetivo desse relatório é mostrar o custo da mão de obra de cada um dos colaboradores com base no valor-hora e apontamentos de horas realizados.

Muitas empresas trabalham na base do “achismo” e não sabem ao certo o custo de seus colaboradores sobre as atividades executadas. O custo de um colaborador pode ser obtido através da quantidade de horas apontadas multiplicado pelo seu valor-hora

No relatório de apontamentos por usuário do Operand, é possível entender quais colaboradores custam mais ou menos para a sua empresa e, com outros relatórios, como o de jobs, analisar e entender se a qualidade e entrega das atividades são compatíveis com o custo para a sua empresa.

Um colaborador que custa “caro”, pode ser alguém já há muitos anos na empresa, impecável em suas atividades e com um índice de retrabalho baixíssimo, enquanto um colaborador que tenha o mesmo custo talvez seja muito veloz na execução de suas tarefas, porém muitas demandas voltam para refação. 

Ou seja, o relatório não pode ser analisado sozinho, de forma alguma, para a tomada de uma decisão, mas sempre em conjunto com outras análises, sejam elas pelo Operand ou internas aí da sua empresa.

Valor-hora dos colaboradores

É impossível identificar o custo das horas apontadas se não existir um valor como base para fazer o cálculo, certo? É aí que entra o valor-hora, que deve ser informado no cadastro de cada um dos colaboradores.

Esse valor pode mudar a medida que o salário é reajustado ou que outros fatores são incluídos no cálculo, então se certifique de que o valor-hora esteja sempre atualizado. 

Disciplina no apontamento de horas

O relatório só será útil para análise se, além do valor-hora informado, a sua empresa tiver o hábito de realizar o apontamento de horas. Mais que isso, toda a equipe precisa entender os reais benefícios dessa ferramenta que vão muito, mas muito além do que um simples controle de horas. 

Você pode fazer o registro das horas trabalhadas em determinado job de forma manual ou automática, por dentro do próprio job ou pelas pautas. O modo automático é o mais indicado, tendo em vista a precisão do registro. 

Como analisar o relatório de apontamentos por usuário

Com a cultura do timesheet implementada e fazendo parte do fluxo de trabalho da sua equipe, valor-hora de todos os colaboradores informados e atualizados, é chegada a hora de analisar os resultados. 

Para ter acesso a esse relatório, você precisa ter permissão de acesso total aos cadastros dos colaboradores, ok? 

As informações são apresentadas em duas visões: a resumida e a detalhada

Visão Resumida

De forma clara, é possível identificar através do gráfico apontamentos, o total de horas apontadas por cada colaborador e quanto elas custaram para a sua empresa.

E, ao lado, o gráfico valor apontamentos, que é uma forma visual mais fácil de identificar quais colaboradores tiveram o custo mais alto ou mais baixo de mão de obra, de acordo com os filtros realizados. 

Visão Detalhada

É uma lista e são apresentadas todas as informações relacionadas aos apontamentos de horas e valor-hora: data, usuário, cliente, se foi um retrabalho, o documento, valor-hora vigente durante o apontamento, total das horas e o custo da mão de obra. 

Se você quiser, por exemplo, visualizar as horas dedicadas e custo por colaborador em um projeto em específico, utilize os filtros de período, cliente e projeto. 

Você pode exportar a visão detalhada para um PDF ou Excel, onde poderá trabalhar mais com filtros. 

Com esse relatório, é possível verificar, por exemplo:

  • o custo das horas para cálculo e pagamento de comissão aos colaboradores;
  • se alguém da equipe está custando muito caro e produzindo pouco, em uma análise conjunta com outros relatórios.

Lembrando que, tudo isso depende de um controle realmente eficiente das horas dedicadas, por toda a equipe, na execução das atividades e atualização do valor-hora no cadastro de todos os colaboradores. 

Veja também: